Consulta do PIS/PASEP: Caixa libera informações e saldo atualizado

A tecnologia tem trazido inúmeros avanços para o cotidiano das pessoas em todo o mundo, e no Brasil não é diferente. Hoje em dia, é possível utilizar aplicativos gratuitos e plataformas online para consultar o PIS/PASEP em questão de segundos. Neste texto, vamos abordar esse assunto e também fornecer dicas para a consulta de outros benefícios sociais ou trabalhistas.

Recentemente, a Caixa Econômica Federal divulgou o calendário de pagamento do abono salarial, juntamente com os valores atualizados com base no salário mínimo, que teve um aumento. Isso despertou o interesse de muitas pessoas em saber quanto poderão receber desse benefício, que está sendo liberado gradualmente.

Consulta do PIS/PASEP: Caixa libera informações e saldo atualizado
Foto: (reprodução/internet)

A leitura a seguir é indispensável para aqueles que nunca sacaram o PIS ou possuem dúvidas sobre as regras desse programa. Abordaremos diversos pontos importantes, desde a liberação dos recursos até os valores e os direitos dos trabalhadores. É fundamental compreender que nem todos têm direito ao PIS. Vamos explorar essa lógica em detalhes.

  • Saiba o que a Caixa tem a ver com o PIS/PASEP
  • Veja como funciona o calendário do PIS
  • Como saber se tem direito ao PIS pelo CPF?
  • Descubra como receber o PIS sem precisar ir até o banco
  • Aprenda como sacar o PIS no banco sem Cartão Cidadão

Saiba o que a Caixa tem a ver com o PIS/PASEP

No ano passado, ocorreu uma mudança significativa em relação ao PIS. A Caixa Econômica Federal se tornou o único agente responsável por administrar esse benefício, que é direito dos trabalhadores com carteira assinada em empresas privadas. Agora, as informações sobre as folhas de pagamento são enviadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego, e somente após esse processo a Caixa realiza os pagamentos aos beneficiários.

ANÚNCIO

Por ser a instituição financeira responsável pelo PIS, a Caixa Econômica Federal desenvolveu diversos canais de comunicação para facilitar o acesso dos beneficiários ao abono salarial e outros serviços relacionados ao trabalhador. Atualmente, existem cinco plataformas disponíveis para realizar a consulta do PIS, sendo a maioria delas fornecidas pela própria Caixa.

Consulta do PIS/PASEP: Caixa libera informações e saldo atualizado
Foto: (reprodução/internet)

No caso do PASEP, temos um programa semelhante ao PIS, com a diferença de que se destina aos trabalhadores de empresas governamentais, ou seja, funcionários públicos. Os pagamentos dos benefícios são realizados pelo Banco do Brasil, não pela Caixa, o que implica no uso de aplicativos distintos para consulta.

O que é o Abono Salarial pago pela Caixa?

O abono salarial é um pagamento anual equivalente ao valor do salário mínimo, sendo disponibilizado aos beneficiários de acordo com um calendário estabelecido anualmente. Atualmente, o abono salarial é a principal forma de recurso oferecida pelo PIS aos trabalhadores que atendam aos requisitos estabelecidos.

ANÚNCIO

Uma dúvida comum é quem tem direito ao recebimento do PIS. As regras são as seguintes: é necessário estar cadastrado no programa por pelo menos cinco anos, ter trabalhado por pelo menos 30 dias no ano anterior, ter recebido uma média mensal de até dois salários mínimos nesse período e ter informações registradas na RAIS.

A RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) é um cadastro que contém informações sobre a vida profissional das pessoas. Ela desempenha diversas funções, incluindo informar o tempo em que um trabalhador esteve empregado ou desempregado. É obrigação das empresas cadastrar seus funcionários na RAIS.

Veja como funciona o calendário do PIS

Nas seções a seguir, abordaremos as formas mais simples de consultar o PIS. No entanto, antes disso, é importante esclarecer dois pontos que costumam gerar dúvidas: o calendário de pagamento e o valor do PIS. Leia com atenção para compreender todos os detalhes.

ANÚNCIO

O calendário do abono salarial é uma programação anual que estabelece as datas de início dos depósitos para os beneficiários. Essas datas indicam quando as pessoas com direito ao PIS podem receber, sacar e transferir os recursos.

Consulta do PIS/PASEP: Caixa libera informações e saldo atualizado
Foto: (reprodução/internet)

No caso deste ano, a Caixa Econômica Federal divulgou que os pagamentos serão iniciados em fevereiro e ocorrerão até julho. A partir de 17 de julho, todos os beneficiários do PIS poderão realizar os saques dos saldos disponíveis em conta, independentemente do mês de nascimento.

Como saber quanto vou receber de Abono Salarial?

A outra pergunta frequente é sobre o valor do PIS, que varia de acordo com o tempo de trabalho no período. Para calcular o valor a ser recebido, utiliza-se uma proporção em relação ao salário mínimo vigente.

Atualmente, o valor máximo do abono salarial é o salário mínimo, que está estabelecido em R$ 1.320,00. Portanto, quem trabalhou o ano inteiro receberá o valor integral de R$ 1.320,00 do Governo Federal.

Para aqueles que trabalharam apenas um mês, é necessário dividir esse valor por 12, obtendo uma parcela proporcional ao tempo trabalhado. No caso de prestação de serviços durante um semestre, a divisão é feita por 6, resultando na metade do salário mínimo. Essa lógica segue proporcionalmente para os demais períodos de trabalho.

Como saber se tem direito ao PIS pelo CPF?

Para verificar se você tem direito ao PIS, vamos apresentar os aplicativos disponíveis para a consulta online. O primeiro deles é o Aplicativo Carteira de Trabalho Digital, desenvolvido pelo Governo Federal, que fornece acesso a todas as informações registradas na Carteira de Trabalho e na Previdência Social.

Consulta do PIS/PASEP: Caixa libera informações e saldo atualizado
Foto: (reprodução/internet)

Além de ser uma ferramenta digital gratuita para consultar o PIS, incluindo o saldo e a elegibilidade, o aplicativo Carteira de Trabalho Digital oferece outras funcionalidades. É possível realizar solicitações online, como o seguro-desemprego, o Benefício Emergencial e o Benefício de Taxistas, entre outros.

No entanto, se preferir não baixar o aplicativo da Carteira Digital, você também pode acessar o site gov.br e realizar a pesquisa online. Por meio desse site, é possível obter informações sobre benefícios trabalhistas, como PIS, PASEP, FGTS, CadÚnico, e muito mais.

Como faço para consultar o PIS/PASEP?

Agora, suponhamos que a pessoa tenha certeza de que tem direito ao PIS. Nessa situação, a dúvida pode ser sobre os valores do benefício ou a data em que será recebido. Para isso, existem outros dois aplicativos disponíveis para realizar essa consulta: Caixa Tem e Caixa Trabalhador.

Sem dúvida, o Caixa Trabalhador é o mais indicado, pois reúne todos os direitos do trabalhador de empresas privadas em um só lugar. Além disso, ele fornece informações sobre o INSS e o NIS. Por meio do CPF do interessado, é possível verificar o saldo disponível para saque.

Uma última alternativa para aqueles que desejam descobrir o saldo do PIS é através de um meio mais tradicional, porém bastante útil em casos mais extremos: o telefone gratuito da Caixa. Conhecido como Caixa Cidadão, o serviço funciona 24 horas por dia e pode ser acessado através do número 0800-726-0207.

Descubra como receber o PIS sem precisar ir até o banco

Para receber o pagamento do PIS, o beneficiário precisa se dirigir a uma unidade da Caixa ou a uma casa Lotérica com o Cartão Cidadão e realizar o saque, correto? Essa é uma opção que, inclusive, é uma das mais antigas. No entanto, pode não ser tão conveniente, pois exige que o beneficiário dedique tempo e esforço para realizar a operação.

Consulta do PIS/PASEP: Caixa libera informações e saldo atualizado
Foto: (reprodução/internet)

Além disso, especialmente no período pós-pandemia, a opção online se tornou viável. Agora, é possível realizar todas as operações com apenas alguns toques na tela do celular. Isso ocorre porque o valor do PIS pode ser depositado diretamente em uma conta digital ou corrente da Caixa. E mesmo aqueles que não possuem uma conta podem criar uma, veja como!

Para usufruir dessa facilidade, o primeiro passo é baixar o aplicativo do Caixa Tem, que é a conta poupança digital do banco. Em seguida, basta realizar o cadastro completo e indicar o interesse em receber os benefícios sociais e trabalhistas nessa conta.

Eu posso sacar o PIS dos anos anteriores?

É importante ressaltar que o PIS considera anos-base anteriores, como o ano passado ou anos anteriores. Portanto, é essencial ficar atento aos anúncios do Governo Federal para saber qual é o ano-base utilizado. Neste ano, o pagamento do abono salarial tem como base o ano de 2020.

É válido destacar que o benefício é disponibilizado de acordo com um calendário específico e possui um prazo determinado. Ou seja, não fica disponível o tempo todo. Portanto, se você não sacou o benefício dentro do período estabelecido, é possível que não tenha mais saldo disponível agora.

Caso ocorra algum problema no crédito do valor na conta, é recomendável realizar o saque utilizando o Cartão Social assim que possível. Nesse caso, é válido utilizar os métodos tradicionais de saque do PIS, como o caixa eletrônico ou as casas lotéricas.

Aprenda como sacar o PIS no banco sem Cartão Cidadão

Vamos considerar uma situação em que você tenha direito ao PIS, mas não possui o aplicativo Caixa Tem nem o Cartão Cidadão. Não se preocupe, pois existe outra forma de sacar o abono salarial utilizando outros documentos. Anote os documentos necessários: carteira de identidade, carteira de habilitação, identidade militar, ou passaporte.

Qualquer um desses documentos será aceito para realizar o saque do benefício. No entanto, é importante estar ciente de que será necessário enfrentar filas bancárias e se dirigir a um atendente da Caixa para efetuar o saque.

Não há posts para exibir