Descubra como conseguir um emprego PCD

O assunto sobre a contratação de um PCD (Pessoa com Deficiência) é um tanto quanto confuso tanto para quem procura a oportunidade de trabalho assim como para quem quer contratar esse público. Por isso, em poucas linhas, a gente vai desvendar os mistérios, veja!

Se você não sabe, a gente vai começar falando da lei. Sim, existem leis que preservam os direitos dessas pessoas. Depois, a gente vai comentar até mesmo onde você pode procurar trabalho se está nesse grupo. Então, apesar de simples, o texto está completo. Confira tudo.

ANÚNCIO
Descubra como conseguir um emprego PCD
Foto: (reprodução/internet)

A Lei de Cotas

A primeira coisa é entender a Lei de Cotas 8.213/91. Ela foi criada em 1991, mas regulamentada em 2000. O que diz são várias coisas importantes, como o que está no artigo 93: empresas devem destinar entre 2% a 5% do quadro de funcionários para alguns públicos.

Descubra como conseguir um emprego PCD
Foto: (reprodução/internet)

Esses públicos podem ser formados por pessoas portadoras de deficiências habilitadas ao cargo ou beneficiários reabilitados. E se você está em dúvida, a gente vai explicar, também rapidamente, cada um dos grupos. Vamos nessa.

  • Pessoas com deficiência – desde que capacitadas para a função;
  • Beneficiários reabilitados – que passaram por reintegração.

Assim sendo, as vagas podem ser em contrato de trabalho pleno ou mesmo em programas de aprendizagem ou estágios. Para empresas que não cumpriram a lei mediante ao Ministério do Trabalho, as multas podem chegar a R$ 3,5 mil diários.

O mercado de trabalho

Infelizmente, esse ponto não é o mais positivo do texto. Porém, ele precisa ser mencionado aqui porque o nosso intuito também é informar a partir de pesquisas. Conforme a ABRH e a Catho, as empresas possuem dificuldade em contratar pessoas desses grupos.

Descubra como conseguir um emprego PCD
Foto: (reprodução/internet)

E os desafios dessas contratações acontecem por uma série de motivações. Primeiro, vem a questão da acessibilidade do local de trabalho. Depois, a questão da contratação de consultorias especializadas, o que pode encarecer o processo como um todo.

Há ainda temas que auxiliam nessa complicação, como “baixa atratividade das vagas para esse grupo”, “resistência de gerentes”, “falta de apoio de líderes” e “dificuldade em criar vagas exclusivas para pessoas com deficiência”.

O lado positivo

No entanto, apesar desses entraves, considere que também há pontos positivos a se pensar e considerar na hora de contratar PCD. Por exemplo, a sua empresa terá uma gestão mais humanizada e com clima organizacional muito mais ético e comprometido.

Descubra como conseguir um emprego PCD
Foto: (reprodução/internet)

Como consequência direta, isso aumenta a diversidade no local de trabalho também, eliminando preconceitos e aumentando a acessibilidade do ambiente como um todo. E isso sem falar ainda de outros benefícios que acontecem de forma direta.

Por exemplo, o impacto positivo na retenção de funcionários, a redução de impostos e incentivos fiscais, maior moral de toda a equipe, um novo olhar sobre a criatividade e a forma de solucionar os problemas. 

Os mitos sobre os PCDs no mercado de trabalho

Esse é um daqueles tópicos que se fazem necessários. Leve em conta que há muitos mitos acerca do assunto hoje em dia. Em poucas linhas, nós vamos desmistificar alguns deles.

Descubra como conseguir um emprego PCD
Foto: (reprodução/internet)

Não falta pessoas para trabalhar dentro desse grupo. Hoje, dos 45 milhões de pessoas com deficiência no país, 66% são economicamente ativos e 21% possuem ao menos o ensino médio. Outra coisa é que elas estão preparadas, sim: 7% tem ensino superior completo.

Por fim, saiba que a contratação de pessoas com deficiência pode ter ótimos resultados para a empresa, como já falamos acima. E do ponto de vista financeiro, saiba que o custo adicional para adaptação é de 0,2% e isso pode ser abatido pelas retenções e potenciais talentos.

Quem são as pessoas PCD

A gente pensou várias vezes antes de criar esse tópico, porém, vimos que se faz necessário. Seremos pontuais. PCD é a pessoa com deficiência. Só que para isso, ela precisa ter um laudo médico que é um documento que comprova, de modo formal, a deficiência.

Descubra como conseguir um emprego PCD
Foto: (reprodução/internet)

Obter o laudo é importante não apenas para garantir a vaga de trabalho, mas também serve para outros fins, como na hora de usar a vaga de carros especifica. No laudo médico é preciso conter todas as informações da pessoa, além do CID (Código da Doença).

O laudo é oferecido por médios do trabalho da rede público ou conveniados ao SUS (Sistema Único de Saúde). Esse tipo de documento pode ser conseguido em hospitais ou serviços de diagnósticos. Em caso de dúvidas, ligue no 136 ou no 3235-9290.

Os tipos de deficiências

Quanto aos tipos de deficiências, elas podem ser auditivas (que devem ser de 41 dB ou mais e comprovada pelos audiogramas). Também podem ser os visuais (a partir de acuidades e ocorrências comprovadas pelos oftalmologistas).

Descubra como conseguir um emprego PCD
Foto: (reprodução/internet)

Tem ainda a deficiência mental (comprovada por psicólogos e psiquiatras. Geralmente, envolvem áreas adaptativas). Ou ainda a deficiência física (quando o corpo, de algum modo, fica comprometido na função física).

Como contratar pessoas com deficiência

Essa parte do texto é muito mais para empresários do que para quem procura as vagas. Então, seremos rápidos aqui. Saiba que não existe um único passo a passo para quem quer contratar pessoas desse grupo. Porém, há boas dicas que podem ajudar demais nisso.

Descubra como conseguir um emprego PCD
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, o recrutamento de PCDs precisa ter um processo natural, como os outros, com currículos, entrevistas. Porém, com um diferencial: acessibilidade para todos. Assim, faça adequações necessárias e descreva pontualmente as qualificações da vaga.

Se você não tem habilidade para isso, vale a pena investir em uma consultoria para fazer o trabalho, já que há toda preparação de entrevistas, estruturas e etapas. Além de tudo, é preciso considerar os tipos de deficiências que são indicados para as vagas abertas. 

Como ser contratado sendo um PCD

Agora vamos inverter o lado da moeda. Essa parte do texto é para quem está em busca do trabalho e se enquadra nesse perfil. Considere que até aqui vimos sobre a lei, o mercado de trabalho, as vantagens para a empresa e até mesmo os mitos desse tipo de contratação.

Descubra como conseguir um emprego PCD
Foto: (reprodução/internet)

Agora é hora de colocar a mão na massa, amigos. Para conseguir uma vaga de emprego PCD, leve em conta que a qualificação profissional pode e deve ser o seu grande diferencial porque é justamente o que vai provar a sua qualidade e habilidade para executar o trabalho.

Apesar de isso ser muito desafiador, saiba que o ingresso de PCDs em ambientes acadêmicos tem sido cada vez mais provável. Para se ter uma ideia disso, além dos cursos de graduação, há pessoas PCD fazendo mestrado, doutorado e vários cursos de pós-graduação.

A internet a favor da especialização

Agora, independente do curso, da faculdade, do tema ou qualquer outra coisa, uma das melhores dicas é sobre a internet e a tecnologia, que são formas atuais de conseguir vencer esse entrave. Por exemplo, dá para se tornar um expert a partir de um único computador. 

Descubra como conseguir um emprego PCD
Foto: (reprodução/internet)

Atualmente, existem várias ferramentas virtuais que auxiliam nos estudos para os deficientes. Por exemplo, tem software que permite a verbalização de informações online e até mesmo a navegação por meio de voz. 

Isso sem falar do EAD (Ensino à Distância), que favorece demais quem possui dificuldade na locomoção. As aulas acontecem online e o material é disponibilizado na rede. Esse ponto é importante de notar porque ele prova toda a capacidade do profissional PCD.

Onde encontrar as vagas de trabalho PCD

A gente vai mencionar aqui um único site de vagas exclusivas para esse público, porém, a ideia não é fazer propaganda, ok? E sim dar um exemplo. Até mesmo porque existem várias plataformas que fazem esse serviço, o que é bem interessante. 

Descubra como conseguir um emprego PCD
Foto: (reprodução/internet)

De todo modo, considere que o Deficiente Online, é um dos exemplos. Ao entrar na página, você pode ver que são quase 1 mil vagas para PCD em todo o país. Tem vagas no Rio de Janeiro com salário acima de R$ 1,5 mil e contrato CLT, por exemplo. 

Entre as empresas mais famosas que contratam, a gente cita a Takaeda, a Smart FIT, a Tabocas, a Johnson Controls e muitas outras. Todas anunciam nesse site e outros. Aliás, outro bom exemplo para encontrar as vagas de trabalho é o LinkedIn. 

Bônus: os cursos gratuitos para PCDs

Para terminar o nosso texto de modo bastante positivo, considere que se o estudo é o primeiro passo para ter uma maior chance de conseguir trabalho de PCD no nosso país, saiba que há vários programas que incentivam isso, como o Centro Paula. Veja mais detalhes.

Descubra como conseguir um emprego PCD
Foto: (reprodução/internet)

O Centro Paula anunciou em vários lugares do Brasil, especialmente na baixada santista, que foram abertos cursos profissionalizantes para esse público. As aulas terão carga horária de 60 horas e serão feitas em 12 dias, sempre de segunda à sexta-feira com intérpretes de libras. 

O Programa Meu Emprego Inclusivo

E além do Centro Paula, a gente tem o programa Meu Emprego Inclusivo, que é do Governo do Estado de São Paulo. A ideia é “promover a inclusão, permanência e desenvolvimento profissional das pessoas com deficiência no mercado de trabalho”. 

A ideia é fazer um tríplice que vai da qualificação até o emprego apoiado, passando pela intermediação a mão de obra. Saiba mais no site do programa.

ANÚNCIO