Concurso para Receita Federal – Como fazer e quais são as vagas disponíveis

O concurso público para a Receita Federal é um dos mais aguardados do país todo. Isso se intensificou nos últimos tempos porque faz longa data que a Receita não abre concurso. Então, a expectativa e o aguardo são bem grandes por esse momento.

Um dos motivos é o fato de que os salários são bastante atrativos, sendo de R$ 16 mil e R$ 17 mil para os dois principais cargos oferecidos. Fora isso, tem bônus, benefícios trabalhistas e toda segurança que um emprego público pode trazer.

ANÚNCIO
Concurso para Receita Federal – Como fazer e quais são as vagas disponíveis
Foto: (reprodução/internet)

Ficou curioso para saber tudo? Continue lendo esses tópicos:

  • As vagas para trabalhar na Receita Federal;
  • O cargo de auditor fiscal;
  • O cargo de analista tributário;
  • Como fazer o concurso público da Receita Federal.

As vagas para trabalhar na Receita Federal

Com informações da própria Receita Federal, hoje existem mais de 11.325 cargos para auditores fiscais que estão vagos. Logo, isso quer dizer que há muitas vagas a serem preenchidas em breve. Além disso, são mais de 10 mil vagas abertas para analistas tributários.

Concurso para Receita Federal – Como fazer e quais são as vagas disponíveis
Foto: (reprodução/internet)

Sendo assim, é preciso considerar que quando novos concursos da Receita Federal surgirem muitas vagas devem ser abertas para início imediato. E, uma boa ideia é começar a estudar o quanto antes para ter mais chance de aprovação durante as provas e todo processo seletivo.

ANÚNCIO

A situação da Receita Federal do Brasil é crítica, com relação as vagas abertas. Ou seja, são muitos os cargos vazios esperando profissionais para o trabalho. E sem contar que mais de 2,8 mil funcionários da Receita deverão se aposentar em breve.

Como começar a trabalhar na Receita Federal

Essa é uma parte importante do texto porque muita gente não sabe, mas a forma mais simples de começar a trabalhar na Receita Federal é através do concurso público. Inclusive, essa é a única maneira atualmente. Só que esse é um dos concursos mais concorridos do Brasil.

Para se candidatar a uma das vagas, isto é, começar a participar do processo de seleção que vem com as provas do concurso público, é importante entender os requisitos de cada vaga. Logo, na maioria dos casos é preciso ter formação acadêmica no ensino superior.

ANÚNCIO

Em alguns casos, também pode ser que seja preciso apenas o ensino médio, mas isso depende da função. Para citar o exemplo que já mencionamos aqui, considere que tanto analista tributário como auditor fiscal exigem o ensino superior para os concorrentes. 

O cargo de auditor fiscal

O auditor fiscal é o profissional responsável por controlar o fluxo de 600 bilhões de dólares de importação e exportação, além de 1 trilhão de reais que a Receita Federal do Brasil arrecada anualmente. É claro que essa função é dividida, mas assim dá para ter uma ideia.

Concurso para Receita Federal – Como fazer e quais são as vagas disponíveis
Foto: (reprodução/internet)

Para esse trabalho, o contrato no concurso público da RFB vai receber um salário de mais de R$ 27 mil. Vai considerar os ajustes que devem acontecer a partir do último salário informado, que foi no concurso público de 2017.

O candidato precisa ter ensino superior completo em alguma área. Já quanto ao que estudar para as provas, leve em conta que cai: português, idiomas, raciocínio lógico, administração, direito (constitucional, administrativo, tributário), contabilidade, legislação e Comex. 

O cargo de analista tributário

Outro cargo que também tem relação direta com o controle do fluxo do dinheiro que entra e sai no país é o de analista financeiro. Por ser um cargo mais baixo, o salário também é menor, sendo de R$ 16 mil ou um pouco mais, a partir de estudos e ajustes.

De maneira resumida, os requisitos seguem as vagas de auditores, como na hora de comprovar o ensino superior e as matérias da prova. Um fato curioso é que mesmo que as provas tenham assuntos semelhantes, geralmente, o nível de dificuldade muda.

A curiosidade é que se a gente considerar os últimos concursos púbicos da Receita, a gente pode notar que o cargo de analista tributário ainda não era contemplado. Ao menos, foi isso o que aconteceu em 2014. Por isso, é visto como um concurso público novo.

Outros cargos que devem ter vagas abertas na RFB

Além dos cargos de auditores fiscais e analistas tributários, leve em conta que existem outros profissionais que também devem ser contratados em breve pela Receita. No entanto, em um número bem menor de vagas. Ainda assim, passam de 1 mil novas vagas na Receita.

Concurso para Receita Federal – Como fazer e quais são as vagas disponíveis
Foto: (reprodução/internet)

Um bom exemplo, é a vaga para assistente técnico-administrativo, que deve bater a casa dos 1 mil cargos a serem ocupados. Depois, vem a de analista técnico-administrativo, com mais 270 vagas. E nessa soma toda ainda temos arquitetos e engenheiros que devem ser contratados.

Um fato curioso é que o quantitativo de servidores que atuam na Aduana de Controle de Fronteira é bem pouco aqui no Brasil. Temos apenas 2,2 mil profissionais enquanto Estados Unidos e China possuem mais de 60 mil trabalhadores nessa área.

Os locais de trabalho na Receita Federal

Ainda pensando nos cargos a serem ocupados, considere que a Receita Federal tem campos de atuação, o que precisa ser considerado. Assim sendo, a ideia dos concursos públicos é lotar essas unidades de centrais em Brasília (DF) e em outras regiões do país.

Ao todo, o país tem 34 unidades de fronteira, 27 pontos de fronteira alfandegados, 39 portos organizados, 33 terminais aeroportuários de passageiros, 36 terminais de distribuições de remessas, 5 centros de distribuições de remessas, 3 polos de processamento e várias unidades de controle aduaneiro.

Em termos de regiões do país, isso envolve todos os estados divididos em 5 regiões. Por exemplo, a 1ª Região Fiscal conta com Acre, Amapá, Amazonas, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, por exemplo.

Como fazer o concurso público da Receita Federal

Leve em conta que ainda não se tem essa informação. Mas, o que se sabe é que as provas são divididas entre a objetiva, a discursiva e a avaliação de documentos. Ou seja, esse procedimento não deve mudar nos próximos concursos.

Concurso para Receita Federal – Como fazer e quais são as vagas disponíveis
Foto: (reprodução/internet)

O que pode mudar tem a ver com a escolha da banca examinadora ou a quantidade de perguntas, por exemplo. Mas, ainda sem termos certeza. Nas últimas edições, quem organizou as provas foi a ESAF, que é uma das principais bancas organizadoras do país.

E a prova objetiva, que era a primeira etapa, contou com 100 questões distribuídas entre os principais temas, separados pelas questões de conhecimentos gerais e as de conhecimentos específicos. A prova discursiva teve apenas duas questões. 

Como ficar sabendo sobre a abertura do edital do concurso

Como a banca organizadora ainda não foi definida, o melhor jeito de ficar sabendo sobre o lançamento do edital é justamente lendo notícias relacionadas ao assunto. Isso porque existem sites que sempre informam esses conteúdos em primeira mão.

Assim sendo, para quem está em busca de um novo emprego, se tornando um servidor público da Receita Federal, pode começar a pensar em favoritar esses sites no celular. Lembrando que existem datas a serem cumpridas após o edital, como inscrição e pagamento. 

As melhores dicas para estudar para o concurso da Receita

Agora você tem a maioria das informações importantes que precisa para se dar bem nesse concurso público da Receita Federal. No entanto, a parte do estudo ainda não foi mencionada e vale a pena a gente lembrar de alguns detalhes.

Concurso para Receita Federal – Como fazer e quais são as vagas disponíveis
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, a escolha do material é muito importante porque quanto mais qualidade ele tiver, mais eficaz será o estudo também. Outra coisa é estudar na medida, ou seja, com base nos temas que vão cair na prova. Isso ajuda demais na objetividade.

Tem ainda aquelas regras que são individuais de cada pessoa, mas pode funcionar muito bem para você. Por exemplo: começar o estudo pela área de exatas ou criar uma rotina de estudos com intervalos para cada 30 minutos de atenção aos livros ou vídeos. 

Mais dicas para passar no concurso da Receita

Além da parte do estudo, leve em conta um fato importante: sabia que muita gente acaba não indo bem na prova pelo nervosismo. Isso acontece quando vem o famoso “branco”. Então, preparar-se com antecedência é uma ótima ideia.

Sendo assim, se há uma boa dica é: faça simulações como se fosse o dia da prova. Inclusive, pensando na sua alimentação, na noite de sono, no formato da prova e tudo mais que possa representar o dia da sua prova verdadeira. 

Esse tipo de treinamento vai trazer muito mais confiança para a pessoa que vai fazer a prova da Receita Federal. Aliás, no dia da prova vale a pena tomar um café comum e evitar fazer coisas pelas quais você não está acostumado para evitar o estranhamento do seu organismo.

Quando vai acontecer o próximo concurso público da Receita Federal

De fato, o que temos aqui é um dos concursos públicos do Brasil mais aguardados para os próximos dias ou meses. O que se sabe é que o concurso público da Receita Federal será autorizado em breve, mas sem data certa para acontecer. 

Por isso, também sem data certa para as provas. Logo, é uma vantagem para quem ainda não está com os estudos em dia e quer estar preparado para quando esse dia chegar. Não é? O Ministro da Economia garantiu que isso deve acontecer até o fim do primeiro semestre.