Padeiro Gourmet – Saiba como ter destaque para atuar em padarias e lanchonetes

Você pode até pensar que isso não é verdade. Mas, saiba que o mercado atual tem mostrado um grande interesse por padeiros que sejam bons profissionais. O motivo é simples: com a industrialização de vários produtos, há quem não abra mão de um pãozinho artesanal.

E não é só isso, viu. Ainda que comprar pães pré-fabricados ou bolos ou outros alimentos na padaria possa ser algo que exija agilidade e preço baixo para o consumidor, há uma parcela da população que não se importa em pagar um pouco a mais para ter um produto feito à mão.

Padeiro Gourmet – Saiba como ter destaque para atuar em padarias e lanchonetes
Foto: (reprodução/internet)

A história do padeiro

Como é de costume, vamos começar o texto falando um pouco de história. Seremos breves. Acredita-se que a profissão de padeiro seja uma das mais antigas do mundo. Ela vem de mais de 2.500 anos a.C e é contada, inicialmente, pelos egípcios.

Padeiro Gourmet – Saiba como ter destaque para atuar em padarias e lanchonetes
Foto: (reprodução/internet)

Eles já dominavam a arte de fazer pães e bolos. Assim, misturavam a farinha de trigo e de centeio em recipientes de barro. Depois, as técnicas se modernizaram e se popularizaram também. O oficio passou a ser arte e assim foi dito por pensadores como Aristóteles e Platão.

Com o tempo, acrescentou-se outros ingredientes, como fermentos e ovos. A textura mudou, o sabor também. E se antes apenas mulheres faziam pães, ao longo do tempo, os homens ganharam destaque na profissão. Hoje, os pães possuem ervas finas, nozes e muito mais.

O novo mercado de trabalho do padeiro

E em apenas dois parágrafos, que citamos acima, já deu para notar que essa é uma profissão que está ganhando um novo sentido, certo? Então, há quem diga que o padeiro vai deixar de existir. Mas, nós estamos certos de que isso não vai acontecer. Não mesmo.

Padeiro Gourmet – Saiba como ter destaque para atuar em padarias e lanchonetes
Foto: (reprodução/internet)

Ao contrário, a profissão se tornará cada vez mais importantes nos próximos anos. E se você não acredita nisso, basta falar com aquelas pessoas que se preocupam com a alimentação saudável, com a qualidade dos alimentos, com os pratos e as receitas que dão água na boca.

A lista de gente que quer sim comprar aquele pãozinho artesanal é bem grande. Sendo que passa ainda por aquelas pessoas que buscam ingredientes selecionados a dedo ou receitas de família, que nos remetem a infância. Nesses casos, preço baixo e agilidade ficam para depois.

A profissão do padeiro nos dias de hoje

A gente falou bastante aqui do novo mercado de trabalho, então, a partir de agora vamos focar um pouco mais no profissional em si. Ele pode exercer várias funções dentro de uma padaria, como na produção de pães e no preparo de outros alimentos, entre doces e salgados.

Padeiro Gourmet – Saiba como ter destaque para atuar em padarias e lanchonetes
Foto: (reprodução/internet)

O padeiro também pode atender clientes, selecionar materiais, criar novas receitas, gerenciar a cozinha, cuidar do estoque. Há ainda aquele trabalho de testar alimentos e sabores, saber sobre a qualidade dos alimentos, validar as embalagens, armazenar os produtos, etc.

E nessa rotina toda, ele pode começar a trabalhar bem cedo ou ir até tarde, dependendo da carga horária. E além das padarias, ele também pode trabalhar em restaurantes, cafeterias, mercados, cantinas, lanchonetes, barzinhos, hotéis, entre outros lugares.

As contratações de padeiro conforme o MTE

O Ministério do Trabalho diz que, a partir de estudos, que o número de padeiros se manteve em contratações desde 2017. Sendo que em alguns meses houve uma pequena queda. Já o número de demissões também se manteve e com ligeira queda no último ano.

Padeiro Gourmet – Saiba como ter destaque para atuar em padarias e lanchonetes
Foto: (reprodução/internet)

O que isso quer dizer na prática? Que o mercado não está contratando e nem demitindo mais ou menos do que antes. É bom ou ruim? Depende do seu ponto de vista. Como falamos, a profissão se modernizou e, por isso, hoje em dia nem se fala tanto em “padeiro”.

Afinal, uma pessoa pode ser contratada para trabalhar na padaria e exercer várias funções ao mesmo tempo. Assim, o padeiro pode ser chamado de “auxiliar de padaria” ou até mesmo outros nomes e cargos. O fato é que o novo mercado exige bons profissionais. Entenda.

Como se tornar um bom padeiro hoje em dia

Acima, a gente falou que o mercado não está contratando e nem demitindo mais ou menos, correto? Agora, considere que a gente tem na cabeça a ideia daquele padeiro de antigamente, que acordava cedo para fazer os pães franceses e pôr no forno para assar, correto?

Padeiro Gourmet – Saiba como ter destaque para atuar em padarias e lanchonetes
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, hoje a gente precisa pensar além disso. Afinal, um cozinheiro não prepara apenas marmitas. E do mesmo modo, o padeiro não faz apenas pães. Curiosamente, o curso de padeiro continua sendo o mesmo, mas há especializações que fazem a diferença.

Aliás, o curso básico de padeiro ensina a fazer pães, usar os instrumentos da cozinha, ter os cuidados de higiene, etc. Ele é um curso livre ou profissionalizante (técnico). Além disso não tem validade de curso superior. Só que você pode ser um padeiro gourmet. 

Como ser um padeiro gourmet

Brincadeira a parte, a gente trouxe a expressão de “padeiro gourmet” para que você entenda esse novo profissional, que tem que estar atento ao novo mercado e as novas necessidades. Isso tem a ver, por exemplo, com o público que busca alimentação saudável.

Padeiro Gourmet – Saiba como ter destaque para atuar em padarias e lanchonetes
Foto: (reprodução/internet)

A ideia não é a de gourmetização que você está pensando. Mas, tem a ver com a atenção que você dá a esse novo público. Logo, para além do curso livre de padeiro, uma ideia seria o de fazer gastronomia – que é uma graduação com uma grade curricular muito maior.

O problema é que esse curso superior pode ser bem caro, referente ao salário de um padeiro. Então, a gente poderia pensar em outra ideia: a dos cursos de especialização. Nesse caso, você que já fez o curso de padeiro ou não poderia fazer sem problemas. Eles são mais baratos.

Chef de Cozinha, Confeiteiro ou Padeiro

Aqui a gente vai abrir um tópico só para comentar essas expressões que estão ligadas à culinária e são importantes em todo mundo. O chefe de cozinha tem sido o mais comentado. Porém, ele não é o único importante. O pâtissier e o boulanger também ganharam força.

Padeiro Gourmet – Saiba como ter destaque para atuar em padarias e lanchonetes
Foto: (reprodução/internet)

Patissier é o confeiteiro e o boulanger, o padeiro. E pode parecer que a diferença é simples: um faz pães e o outro faz bolos, só que não é bem assim. Ambas profissões são valorizadas como arte em padarias convencionais, só que podem ir além disso. 

O fato é que enquanto padarias menores possuem os “faz tudo”, que são padeiros que fazem todo tipo de trabalho, em alguns lugares há um tipo de profissional para cada especialidade. O boulanger é do Monsieur Boulanger, um vendedor de sopas, que criou pratos da padaria.

Os cursos de especialização em padaria

A gente não está aqui para fazer propaganda para um ou mais cursos, ok? Só que queremos que você abra os olhos para isso. São jeitos de aprender coisas novas. E é isso que importa na hora de conseguir destaque no mercado de trabalho e ter diferenciais para ser contratado.

Padeiro Gourmet – Saiba como ter destaque para atuar em padarias e lanchonetes
Foto: (reprodução/internet)

Dessa forma, na internet a gente viu curso de “especialização em confeitaria e panificação”, “Mestre Padeiro Internacional”, “Formação Básica em Panificação”, “Padeiro Profissional”, entre outros que podem tornar o padeiro mais bem preparado para atuar.

E há ainda alguns cursos que são mais voltados para negócios, o que pode ser uma boa ideia para quem quer ter função mais importante na padaria ou abrir o próprio negócio. Por exemplo, “Boas Práticas nos Serviços de Alimentação” e “Segurança Alimentar em Padarias”. 

O uso de equipamentos na cozinha

Uma próxima dica que queremos destacar aqui é sobre o uso dos equipamentos que ficam na cozinha. É legal aprender a usar eles, conhecer das novas tecnologias e saber o que dá para fazer com o que você terá acesso. Afinal, nem sempre vai dar para usar todos.

Padeiro Gourmet – Saiba como ter destaque para atuar em padarias e lanchonetes
Foto: (reprodução/internet)

Um bom começo seria o de aprender a usar a masseira, batedeira planetária, o resfriador, a balança de culinária, a divisora de massa, a modeladora, as assadeiras e formas, as esteiras, os fornos, as estufas de fermentação, as câmaras de frio, as fatiadoras, etc. 

Ah, e só por fins de curiosidade, saiba que algumas pesquisas antigas têm mostrado que a fabricação do pão francês pode ser responsável por quase ¼ do lucro de uma padaria. Então, está aí mais uma prova da importância do padeiro e da qualidade que ele tem na padaria.

Mão na massa!

E por fim, como não poderia deixar de ser, saiba que nenhuma teoria ou técnica vai funcionar se você não fizer e usar elas na prática, está bem? Portanto, faça também estágios, trabalhe por valores mais baixos para aprender e foque em buscar experiência. 

Padeiro Gourmet – Saiba como ter destaque para atuar em padarias e lanchonetes
Foto: (reprodução/internet)

Há sim um novo mercado de trabalho para padeiros que poderá explodir a qualquer momento e, obviamente, vai ter destaque quem tiver esse preparo mais teórico e mais prático também. Use o tempo livre para estudar, use o trabalho para aprender e o sucesso virá. 

Bônus: o pão artesanal como fonte de renda extra

E agora sim para concluir o texto, a gente vai deixar aqui uma reflexão que é interessante para você. Após estudar e trabalhar na área, que tal abrir a própria empresa?

Saiba que na pandemia muita gente começou a vender os próprios pães e isso deu muito certo. Afinal, o quilo do pão artesanal (fermentação natural) pode ser até 4 vezes mais caro do que o pão francês comum. Que tal lucrar com isso?