Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos

Para trabalhar na creche é preciso ser professor? Não, necessariamente. Saiba que a creche é como uma grande empresa, que precisa ter um administrador, também. Além de cozinheiros, agentes de saúde, auxiliares, monitores. A maioria focados na educação, mas não todos.

Abaixo, a gente separou 8 profissões que permitem que os trabalhadores atuam em creches. E você vai ver que mesmo que seja formado em outra área, muitas vezes, dá para conseguir uma vaga na creche, conforme os cargos oferecidos em concursos públicos. 

ANÚNCIO
Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos
Foto: (reprodução/internet)

8 – Auxiliar de Creche

Sem dúvidas, a função de auxiliar de creche é uma das mais conhecidas e mais procuradas em concursos públicos. A profissional é responsável por acompanhar e ajudar a professora em todas as atividades pedagógicas que ela exerce. 

Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos
Foto: (reprodução/internet)

Também deve comparecer em reuniões de pais, das secretarias, cumprir horário de trabalho, zelar pela segurança e higiene dos alunos. E tem a possiblidade de atuar também como acompanhante da turma em passeios e idas ao parque ou áreas externas à sala de sala.

Geralmente, é um tipo de trabalho que exige muito cuidado com crianças. Em alguns casos, as creches optam por pessoas que tenham a formação em pedagogia ou cursos técnicos na área de cuidados com as crianças. 

7 – Diretor de Creche

O diretor de creche é aquele que vai ficar responsável todo ambiente escolar e isso inclui tudo mesmo, de todas as áreas. É quem assina os papéis, sabe? Entre as principais características está a de ter boa comunicação e ser um bom líder para tomar decisões o tempo todo.

Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos
Foto: (reprodução/internet)

Geralmente, como as creches são municipais, esse diretor pode ser escolhido de várias formas, mas geralmente é através de concursos ou indicações. Hoje em dia, as escolhas têm levado em conta o conhecimento administrativo além do pedagógico.

O que isso quer dizer, na prática, é que tem muitas pessoas formadas em pedagogia que se especializam para se tornarem diretoras ou mesmo gestoras de escolas. Afinal, há uma união de conhecimentos que pode ser um diferencial para estar no comando de uma creche. 

6 – Orientador Educacional

É aquele profissional que fica um passo atrás do diretor da escola. Ele fica responsável por toda área de coordenação, elaboração de metodologias, acompanhamento de professores, promoção de eventos, criação de dinâmicas, etc. 

Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos
Foto: (reprodução/internet)

Assim, também pode ser convocado para substituir o diretor em caso de afastamento por algum motivo qualquer. Está sempre muito ligado à questão administrativa da creche, dando mais apoio aos professores e ao diretor e não, apenas, aos alunos. 

Em tantos outros casos é que fica responsável por cursos de capacitação dos professores ou pela integração da escola com a sociedade, seja através de eventos ou de abordagens diferenciadas, como encaminhamento de alunos para áreas da saúde.

5 – Professor de Creche

O cargo quase sempre vem com uma palavra-chave, “magistério”. Aliás, saiba que hoje em dia, os professores acabam ouvindo muito falar sobre “PPP”, que nada mais é do o Projeto Político Pedagógico da creche ou da escola. 

Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos
Foto: (reprodução/internet)

A ideia é que ele tenha um plano de ação para executar com as crianças. Assim, não basta dar atenção e cuidar, sendo necessário apresentar também as ocorrências, as atividades feitas e os vieses que foram procurados em cada dia de aula.

A ideia é desenvolver as crianças em vários fins, como sociais, coletivos, intelectuais. O professor também deve manter uma boa relação com outros profissionais da creche e zelar pelos materiais, pela higiene e pela saúde dos alunos.

4 – Segundo Professor

A verdade é que não é tão comum assim ter a função do segundo professor em todas as creches. Porém, saiba que isso pode acontecer. Mas, o que é um segundo professor? É um professor também, só que atua de forma mais especifica.

Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos
Foto: (reprodução/internet)

Vamos explicar melhor: esse professor pode ser focado em Libras e assim auxiliar um ou mais alunos que usam essa linguagem de sinais. Assim como ele pode ser intérprete ou até mesmo um acompanhante terapêutico. 

A ideia, porém, não é focar na saúde e sim na educação, sempre visando o desenvolvimento do aluno dentro da sala de aula, socialmente, com as lições e atividades gerais. É uma área da pedagogia que tem ganhado muita importância. 

3 – Monitor de Creche

O monitor de creche é como se fosse aquele “tio” que ajuda a tomar conta das crianças durante o recreio ou quando vão no parque, sabe? Só que no fundo, a tarefa dele vai muito além disso. Esse monitor acaba atuando em várias frentes além dessa.

Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos
Foto: (reprodução/internet)

Ele pode auxiliar na hora de passar um desenho na TV. Assim, é quem vai atrás dos equipamentos, dos vídeos, da iluminação, do espaço, do conforto das crianças. Também pode ajudar a receber as crianças que chegam na creche. 

E é ele também que auxilia na hora de levar os pequenos para brincarem, comerem, formarem filas, dançarem, ensaiarem e muito mais. No geral, ele não tem um foco educacional, mas é como um “staff” de uma banda de música, entendeu?

2 – Cozinheiro de Creche

Outra área que não é educacional, mas tem profissionais que pode atuar em creches é a da cozinha. Vamos usar aqui apenas a profissão da cozinheira, mas saiba que quase sempre também há contratação para auxiliares de cozinha em concursos públicos. 

Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos
Foto: (reprodução/internet)

Obviamente, aqui fica bem mais fácil explicar essa atuação. Os cozinheiros e auxiliares atuam na cozinha, preparando os alimentos, os pratos, as refeições. E isso é importante porque as crianças exigem um cuidado muito especial com os alimentos e o preparo.

Além disso, seguem rotina que inclui horários certos para as refeições. Um dos motivos que mais levam esses profissionais a gostarem de trabalhar em creches é que o ambiente cheio de crianças é sempre muito agitado e alegre. 

1 – Agente de Saúde

Ainda que seja bem mais incomum do que a profissão de professor por exemplo, saiba que muitas creches abrem vagas para agentes de saúde. Afinal, eles devem desempenhar tarefas dentro dessa área, como no apoio aos cuidados com as crianças.

Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos
Foto: (reprodução/internet)

Para quem não sabe, esse profissional, também chamado de agente comunitário de saúde, é aquele que vai atuar além da escola. Ou seja, ele poderá acompanhar os alunos/pacientes que estão afastados da creche por algum motivo de saúde. 

Por exemplo, pode dar apoio no cumprimento do calendário vacinal, no tratamento de doenças virais, em repousos, na alimentação. E, como falamos, apesar de não ser comum, a educação em saúde é um tópico que merece atenção porque pode ser muito valiosa. 

Quais são os requisitos para trabalhar em creches

Agora, chegando ao fim do texto, você pode estar se perguntando: “o que é preciso para trabalhar em creches”? Saiba que tudo vai depender da forma de contratação. Como falamos acima, o mais comum é que tudo aconteça através de concursos públicos.

Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos
Foto: (reprodução/internet)

Então, é lendo o edital que você fica sabendo sobre os requisitos. Mas, de um modo rápido e simples, considere que isso vai depender das vagas oferecidas. Por exemplo, professores de creche devem ter curso de pedagogia e os profissionais da saúde, cursos superiores também.

Por exemplo, se for aberta vaga para nutricionistas, o curso em destaque é de nutrição. Se for para a área da psicologia, então, eles devem ser psicólogos. O mesmo vale para outras áreas da saúde. Já no caso das outras profissões, geralmente, exige-se o ensino médio. 

Quanto ganha quem trabalha em creche

Essa é outra questão que vai depender muito da região, do edital, da profissão. Basicamente, o diretor da creche é o que mais ganha, com salários que partem dos R$ 5 mil no mês. Só que em sites de empregos, encontramos uma grande variação – de R$ 2,6 mil até R$ 14,7 mil.

Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos
Foto: (reprodução/internet)

Já professores ganham a partir de R$ 2 mil e auxiliares a partir de R$ 1,1 mil. Esses valores são bastante compatíveis com os cargos de outros órgãos, como do Estado ou do SESI, por exemplo, variando bem pouco.

Só que isso também tem a ver com a hora de trabalho e os cursos. Quem é profissional com curso superior tende a ganhar mais e quem trabalha mais, também tem salários maiores, proporcionalmente falando.

Os salários pagos pelo SESI

Se você ficou curioso para saber, considere que o SESI é uma escola que atua no estado de São Paulo e tem sido procurado por muitos professores e diretores. 

Os 8 tipos de trabalhos em creches disponíveis em concursos públicos
Foto: (reprodução/internet)

Encontramos na internet uma tabela de cargos com os possíveis salários dos profissionais. Um auxiliar de sala recebe no mês R$ 891 e um secretário algo como R$ 1,1 mil. Veja mais e saiba sobre outros cargos. 

Onde encontrar os concursos com as vagas em creches

Atualmente, a melhor dica é sobre ficar atento ao noticiário local. Ou seja, em sites e jornais da sua cidade que devem informar sobre a abertura de vagas em creches. Por outro lado, saiba que há plataformas de concursos nacionais que também informam isso.

Um exemplo é a PCI Concursos. A plataforma tem lá uma lista das prefeituras que estão contratando auxiliares, professores, cozinheiros e mais um monte de profissionais para atuarem em creches. O mais legal é que dá para filtrar por estado também. 

ANÚNCIO