Veja como encontrar vagas para a área de Fisioterapia

A Fisioterapia é uma das áreas da saúde que tem ganhado destaque nos últimos anos. Isso porque, as pessoas se tornaram mais preocupadas com o bem estar e com o corpo de um modo geral. Com o aumento da procura, a perspectiva dos fisioterapeutas sobre o sucesso da sua profissão também cresceu.

Por isso, muitas instituições públicas e particulares passaram a abrir o processo seletivo com mais frequência para esses cargos. Inclusive, é possível participar de vários recrutamentos e seleções pela internet para concorrer às vagas. Ficou interessado? Continue lendo essa publicação.

Veja como encontrar vagas para a área de Fisioterapia
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja só o que vai encontrar no artigo:

  • Quais ramos da Fisioterapia estão em alta no mercado de trabalho;
  • Quais são os salários atuais;
  • Como concorrer às vagas e cadastrar o currículo;
  • Super dicas.

Quais segmentos da Fisioterapia estão em alta

A Fisioterapia possui vários segmentos de atuação, então engana-se quem pensa que não possui possibilidades no mercado de trabalho. Separamos algumas áreas que estão em alta e que podem ser interessantes para os profissionais que ainda não se encontraram na carreira. A primeira é a Fisioterapia Desportiva, um segmento voltado para o atendimento de atletas.

Veja como encontrar vagas para a área de Fisioterapia
Fonte: (Reprodução/Internet)

O profissional que atua nessa área é responsável pela prevenção e pelo tratamento de lesões, de modo que o atleta apresente bons resultados em sua performance. Assim, o fisioterapeuta auxilia no equilíbrio, na resistência, na força muscular, na flexibilidade, entre outros pontos. Já as lesões mais tratadas são fraturas, contusões, tendinites e distensões.

Outro ramo que está com muita procura no mercado de trabalho é o da Fisioterapia Neurológica. Essa abordagem é destinada aos pacientes que possuem alguma dificuldade para se locomover ou problemas de cognição. Normalmente, essas deficiências são causadas por lesões no cérebro que resultam em danos no sistema nervoso. 

Acupuntura e Pilates 

Além das áreas de atuação citadas, existe a Acupuntura que é uma técnica também utilizada pelos terapeutas ocupacionais. Nos últimos anos, os pacientes brasileiros passaram a utilizar esse tratamento que faz parte da medicina tradicional dos chineses. O objetivo da Acupuntura é encontrar a harmonia entre a mente e o corpo

Um detalhe interessante é que muitas pesquisas apontam que algumas doenças são desenvolvidas pela falta de equilíbrio entre esses dois âmbitos. A partir disso, a técnica veio para restaurar esses “mundos”. Na prática, o fisioterapeuta coloca as pontas das agulhas em regiões específicas  que estejam ligadas aos órgãos vitais. 

Por último, o segmento que se tornou popular, principalmente entre as mulheres, é o Pilates. Hoje em dia existem muitas academias e centros próprios que trabalham com essa frente e buscam por profissionais da área, formados em Fisioterapia ou Educação Física. Ou seja, pode ser uma especialização interessante para ter no currículo.  

Vale a pena fazer especialização?

A resposta é sim. Com o aumento da demanda, os currículos acabam se tornando muito semelhantes. Então, o candidato precisa ter algum diferencial que chame a atenção do recrutador. Sem contar que o mercado de trabalho tem estado cada vez mais exigente em relação à qualificação dos profissionais.

Veja como encontrar vagas para a área de Fisioterapia
Fonte: (Reprodução/Internet)

Hoje em dia, a graduação não é, por si só, o único fator relevante para as empresas. Então, uma especialização dá um upgrade no currículo, além das experiências profissionais. Outro fator interessante é que numa pós-graduação, por exemplo, o profissional entra em contato com fisioterapeutas que estão consolidados no mercado de trabalho. 

Já sabe o que estamos querendo dizer, né? Isso mesmo, networking. Para ser bem sucedido é necessário ter uma forte rede de contatos . Logo, nos eventos e durante as próprias aulas é possível criar essas relações importantes para qualquer profissional. Para os fisioterapeutas que pensam em concurso público, a especialização faz toda diferença na prova de títulos.

Salários 

Os salários dos fisioterapeutas variam de acordo com a empresa a que estão vinculados. Com base nos valores divulgados pelo site Glossdoor, a média salarial é de R$ 3.202 por mês. Confira o salário inicial pago por algumas empresas espalhadas pelo país:

  • Espaço Laser: R$ 3.076;
  • Unimed: R$ 3.141;
  • Hospital Israelita Albert Einstein: R$ 5.675;
  • Prevent Sênior: R$ 5.075;
  • Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM): R$ 3.690;
  • Autônomo: R$ 3.286.

No caso de fisioterapeutas concursados, a média salarial é de R$ 2.960,44 trabalhando uma jornada de 30 horas por semana. A nível nacional, a cidade que mais contrata fisioterapeutas e que, consequentemente, é a região que mais tem vagas de emprego é São Paulo. 

Como se candidatar às vagas pela internet

Falando em vagas de emprego, separamos alguns meios que facilitam a participação de fisioterapeutas em processos seletivos. Pela internet é muito simples cadastrar o currículo e concorrer às oportunidades em qualquer lugar do país. A primeira opção é o site indeed, página especializada em recrutamento e seleção online. 

Veja como encontrar vagas para a área de Fisioterapia
Fonte: (Reprodução/Internet)

Ao abrir a página, irão aparecer os campos “O quê” e “Onde”. No primeiro espaço, o candidato pode inserir o cargo de fisioterapeuta ou o nome da empresa que deseja trabalhar, se já tiver isso bem definido. Logo em seguida, basta informar qual é a localidade que deseja trabalhar. Feito isso, é só se dirigir ao campo “Achar vagas”.

Dentro de segundos aparecerão várias opções de empregos, basta selecionar qual tem interesse e clicar em “Candidatar-se no site da empresa”. Lembrando que é possível participar de mais de um processo seletivo, é só responder os dados conforme as páginas forem solicitando. 

Vagas de emprego no site Catho

Uma segunda opção é procurar pelas vagas no site Catho, que também é uma plataforma especializada. Para entrar, é só clicar aqui. Assim que abrir o site, vai se deparar com um campo para informar o cargo que está procurando, sendo assim pode digitar “Fisioterapeuta”. Se quiser deixar a pesquisa mais restrita, pode colocar a cidade ou estado. 

Depois desse passo, é hora de selecionar as suas preferências, se tiver. Como por exemplo, faixa salarial, tipo de contrato, área profissional, entre outros. Diferente do indeed, o Catho pede para que os usuários façam um cadastro na página. Só assim é possível se candidatar a uma das vagas.

Para prosseguir, basta escolher a proposta desejada e clicar em “ Quero me candidatar”. Posteriormente, você terá acesso a todos os detalhes do cargo, desde as exigências até os benefícios. Também, será necessário preencher todos os campos solicitados para cadastrar o currículo. Ao finalizar as etapas, é só aguardar a empresa entrar em contato.

Dicas para conseguir clientes nas redes sociais

Se a sua intenção é empreender, ter seu próprio centro de atendimento ou até mesmo ter mais de uma fonte de renda, as redes sociais podem ser um instrumento de ajuda nisso. A primeira dica é ter um site próprio ou ter uma página profissional no Instagram para divulgar o trabalho e experiências profissionais.

Veja como encontrar vagas para a área de Fisioterapia
Fonte: (Reprodução/Internet)

Caso opte em criar um site, lembre de deixá-lo responsivo. Ou seja, torná-lo de fácil acesso para qualquer público e através de todos os tipos de dispositivo, principalmente pelo smartphone. Invista em textos informativos, com imagens explicativas de modo que desperto o interesse do público pelo seu trabalho. Caso tenha especialização divulgue-a.

Outra estratégia é chamar a atenção dos internautas para que eles interajam. No Instagram, tem a possibilidade de investir em enquetes, perguntas, etc. Fique atento às movimentações na rede como comentários, mensagens no inbox, entre outras formas de contato de possíveis pacientes.

Faça postagens com frequência

No mundo da internet, o que cativa os usuários é a interação com o público. Então, não deixe de inserir conteúdos úteis e interessantes nas suas plataformas. Caso tenha Linkedin, invista no site também. Sempre que possível, atualize os certificados de cursos e especializações que fizer. Essa rede é fundamental para divulgação do trabalho.

Também, invista em gravar vídeos e deixá-los salvos na plataforma como o IGTV no Instagram, por exemplo. Essa é uma dica para criar conexão com os seguidores e mostrar o seu domínio sobre o assunto. Com esse contato mais próximo, o público se apega mais em quem apresenta do que no negócio em si. 

Isto é, ao conquistar a audiência, o fisioterapeuta atrai o público para os seus serviços. Hoje em dia, as pessoas buscam por profissionais acessíveis. Essas são algumas táticas para gerar o famoso engajamento, que inclusive pode ajudar a chamar atenção das grandes empresas fazendo-as se interessas pelas suas habilidades.

Defina um objetivo 

Por fim, não esqueça de definir um objetivo. Caso queira começar a utilizar o Instagram outras redes sociais como instrumento de trabalho, tenha clareza se deseja voltá-lo para o seu próprio negócio ou para alcançar recrutadores. Afinal, as abordagens serão diferentes. Questões como voltar o perfil para fisioterapeutas ou para pacientes é algo a ser pensado.

Se a ideia que tem em mente é conseguir atrair empresas, então lembre-se de divulgar o seu perfil no Linkedin. Alguns recrutadores já pedem o perfil do candidato nessa plataforma durante as entrevistas ou até mesmo no currículo. Portanto, já esteja preparado para compartilhar essas contas de modo que se destaque positivamente  na avaliação do contratante.