Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia

Nesse texto, nós vamos falar sobre a venda de brigadeiros na pandemia. A partir disso, também vamos mencionar tópicos que podem ser importantes para você, como “a confeitaria na pandemia”, “como vender doces na internet” e até mesmo sobre empreendedorismo.

Se você quer pôr a mão na massa logo, continue lendo. Até mesmo porque é raro encontrar alguém que resista a um brigadeiro gourmet hoje em dia, certo? A grande dificuldade, muitas vezes, está em saber como vender os brigadeiros. Então fique por aqui, pois vamos falar sobre isso também.

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Por que esse é o melhor texto que você vai ler hoje

A gente forçou a barra ao dizer, lá no título do texto, que esse seria o melhor texto que você iria ler hoje sobre vender brigadeiros na pandemia. Mas, agora a gente vai provar porque fomos tão entusiasmados em dizer isso.

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Aqui, a partir desse tópico, trouxemos uma espécie de passo a passo para você saber se está indo pelo caminho certo. No entanto, a ideia não é focar em pequenos detalhes e sim mostrar todos os passos que são importantes nessa sua jornada de empreendedor, ok?

O planejamento

Como tudo o que fazemos na vida, a gente precisa se concentrar no planejamento. Mas o que é planejar? É pensar a respeito e colocar isso no papel. Assim, não podemos atropelar algumas etapas, como pensar no investimento que será necessário ou no público-alvo.

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Aliás, esses são temas que virão nos próximos tópicos. Aqui, o que importa é que você saiba da importância de se planejar para vender os brigadeiros. Ou seja, não basta a gente apenas comprar os ingredientes, pois a ideia por trás vai muito além disso. Veja mais abaixo.

O público alvo

Logo após entender o planejamento do seu negócio, agora é hora de você pensar no seu público alvo. Afinal, para quem você vai vender? Isso é importante porque mesmo que você não tenha um único cliente definido, o grupo pode ter referências e semelhanças.

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, vender brigadeiros gourmet na praia é bem diferente de vender durante um evento de festa junina ou na porta de uma escola, você não acha? E é diferente justamente porque o público muda. E mudando o público, outras coisas mudam junto

Os custos

Também é no seu planejamento inicial que tem que ter uma expectativa de custos. Mesmo que você não tenha absoluta certeza dos valores, é super importante que você estime quais serão eles. Os custos dos ingredientes, por exemplo. Mas não é só isso, hein.

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Há custos com energia, com o forno ligado, com as embalagens, com o seu deslocamento, a mão de obra, o material de limpeza e mais uma série de fatores que devem entrar na conta toda. A partir disso é que você descobre se o negócio pode ser viável ou não. 

O conhecimento 

A questão do conhecimento acaba ficando de lado na maioria dos casos, o que leva aos prejuízos e a falência do empreendimento que mal começou. Isso porque as pessoas acham que já sabe tudo sobre fazer brigadeiros, mas nem sempre é bem assim que funciona, né. 

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Os cursos online ou presenciais, gratuitos ou pagos, podem ensinar muito sobre técnicas diferentes, sobre gostos, sobre o paladar, sobre o uso de ingredientes, os formatos e muito mais. E esse tipo de especialização vale a pena, mesmo que você já saiba fazer. 

Na internet, muita gente diz que foi em cursos que teve ideias inusitadas, como a de fazer brigadeiros de limão ou de churros, por exemplo. 

Os ingredientes

Mais um passo importante que a gente quer destacar aqui tem a ver com o uso de ingredientes de qualidade. Sendo assim, pense que o seu cliente é quem vai dizer se o seu produto é bom ou não. Se for bom, ele volta a comprar. Se não for, você perde o cliente.

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Ou seja, a conta é bem simples: mesmo que em um primeiro momento você vende muitos brigadeiros, saiba que se os clientes não aprovaram o gosto, então, você não fideliza eles e isso tornará as próximas vendas cada vez mais difíceis. 

O cardápio

Outro ponto legal de ser abordado aqui tem a ver com a sua variação de cardápio também. Enquanto você pode fazer brigadeiros gourmets de vários sabores e para vários públicos, como de morango ou para veganos, saiba que dá para pensar em outros doces também. 

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Isso pode agregar valor ao seu negócio, já que a pessoa poderá optar por comprar além dos brigadeiros. Por fins de curiosidade, saiba que nessa pandemia, além do brigadeiro, os que fizeram sucesso foram: palha italiana, fatias de bolo, bolo no pote, cones de chocolate, etc. 

A higiene

Uma coisa que pouca gente sabe ou considera tem a ver com a higiene. Porém, todas as vezes que surge o assunto sobre investimentos em negócios de alimentação, saiba que a higiene se faz totalmente necessária. Logo, é imprescindível para que o seu negócio dê certo.

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Não dá para encontrar um brigadeiro com um fio de cabelo, né. Assim como não se pode pegar o brigadeiro que será entregue ao cliente com as mãos sujas, que acabou de mexer no dinheiro, e muito mais. Tente observar tudo que tenha a ver com a higiene. 

A apresentação

Essa dica é bastante focada em vendas, viu. A apresentação do seu brigadeiro gourmet pode dizer muito sobre ele e as futuras vendas. Sabe aquela ideia de que “o que importa é o conteúdo”, que a gente sempre diz quando um prato não fica bonito na foto?

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Isso pode valer para as reuniões de família, mas nunca para as vendas comerciais, viu. A pessoa não vai comprar um brigadeiro se não achar que ele está bem-feito. Portanto, pensar na embalagem e na decoração é outro detalhe que faz a diferença nas vendas. 

A marca

Agora vem a ideia de criar a sua marca. Porque mesmo que você não tenha muito dinheiro para contratar a melhor agência de publicidade do mundo, considere que você poderá ser reconhecido a partir da primeira venda. Portanto, seja autêntico.

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Dá para pensar em uma marca simples, um nome bacana ou engraçado, e assim por diante. Lembra da novela da Rede Globo que mostrou os Bolos da Paz? Olha só como esse nome é forte e leva com ele o sobrenome da vendedora. Com base neste exemplo, pensei em criar algo forte para o seu negócio também. 

A divulgação

A partir do momento que você colocar a sua ideia nas ruas, ou em qualquer outro lugar, considere que ela já vai estar sendo divulgada de forma automática. Por exemplo, quando um cliente compra, se ele gosta, ele fala para outro e isso já é uma ótima divulgação. 

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Só que além disso, você também pode apostar em outros modelos que existem para aumentar ainda mais a divulgação do seu produto. Dá para pensar na internet, como em postagens em redes sociais, assim como em cartões de fidelidade, por exemplo. Estude as opções. 

O diferencial

Já chegando ao fim, o que a gente quer que você note também é que você tem que ter um diferencial de mercado. Isso porque, hoje em dia vender brigadeiros é bem comum em alguns locais, como nas escolas, na rua, na praça, etc.

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Por isso, ter um diferencial é importante. E o seu diferencial pode ser qualquer um dos tópicos citados acima. Por exemplo, o seu público alvo, a qualidade do seu brigadeiro, a sua marca, o uso dos seus ingredientes, entre outros pontos. 

O presente

Atualmente, durante a pandemia que é quando as pessoas estão evitando aglomerações, saiba que uma nova ideia começou a fazer sentido: a entrega de brigadeiros como kits para presentes. É isso mesmo, amigos.

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Considere que dá para pensar em kits para aniversários, por exemplo. Isso pode acontecer com caixinhas de 4 unidades de brigadeiro, ou mais. Essa comodidade facilita demais a vida das pessoas e acaba sendo uma alternativa interessante para os dias de pandemia. 

O que não fazer na hora de vender brigadeiros

Se você leu com carinho o texto até aqui, ótimo. Saiba que provavelmente esse último tópico não fará muito sentido para você agora. Mas, é uma forma de retomar o que falamos. Ou melhor, de sintetizar tudo o que foi dito. 

Esse é o melhor texto que você vai ler sobre vender brigadeiros na pandemia
Foto: (reprodução/internet)

Logo, não comece sem se planejar. Não erre ao usar ingredientes ruins. Saiba que sempre dá para aprender algo novo. Não use imagens impróprias. Não faça descaso para a apresentação do seu produto. Não falhe na limpeza e higiene. Divulgue a venda. Saiba os custos e os lucros. 

Para saber mais e se inspirar

Antes de terminar o texto, saiba que no começo dos anos de 2010 surgiram duas grandes companhias que começaram vendendo brigadeiros gourmets e passaram a faturar R$ 10 milhões. É algo incrível, mas que realmente aconteceu. 

Então, se você busca inspiração, procure a história da Brigaderia e da Maria Brigadeiro, que criaram essas receitas de sucesso há quase uma década atrás. O faturamento de R$ 10 milhões foi em 2011 na história da Brigaderia. “Foi uma estratégia bem pensada”, disseram na época.