Sebrae ensina como montar um delivery de sucesso em 8 passos – Veja

Esse texto não é para quem quer abrir um aplicativo de delivery como é o caso do iFood ou do Uber Eats. Mas, é para quem já tem um negócio próprio e quer ter o próprio sistema de delivery, com entregadores próprios e vantagens para os consumidores.

Ou seja, imagine você tenha criado, em casa, um lugar que faz pizzas pré-assadas. Agora, o próximo passo é conseguir pensar em alternativas para levar esses produtos para os seus clientes, certo? Afinal, nem todos poderão ir até a sua casa buscar. Então, veja essas etapas.

Sebrae ensina como montar um delivery de sucesso em 8 passos - Veja
Foto: (reprodução/internet)

Os 8 passos do Sebrae

Antes de começarmos, a gente precisa deixar claro aqui uma coisa. A cartilha com os 8 passos para montar um delivery foi feita pelo Sebrae em parceria com a Abrasel, que é a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes.

Sebrae ensina como montar um delivery de sucesso em 8 passos - Veja
Foto: (reprodução/internet)

Assim, ela recebeu o patrocínio da Linx e também teve o apoio da campanha “Compre do Pequeno”, que é do próprio Sebrae. Já a divulgação ficou por conta da Galunion.

E o mais legal é que antes de citar os passos, a cartilha ainda explica algumas coisas sobre esse momento de pandemia que estamos vivendo. No final do texto, a gente vai deixar disponível o link da cartilha para quem quiser ver online. Aliás, é uma cartilha gratuita.

1 – O diferencial para o seu público

Esse primeiro passo que eles criaram tem a ver com o seu diferencial. Ou seja, porque o seu cliente escolheria pedir pelo seu delivery e não por um delivery de terceiros, como do iFood? “É uma forma diferente de consumo e precisamos entender a jornada do consumidor”.

Sebrae ensina como montar um delivery de sucesso em 8 passos - Veja
Foto: (reprodução/internet)

Sendo assim, a cartilha cita alguns tópicos que precisam ser estudados antes de o lançamento dessa ferramenta de entrega acontecer. Por exemplo, como o seu cliente vai chegar até o seu delivery, como vai fazer a compra dele, como ele vai receber o produto, etc.

Uma curiosidade muito interessante que o Sebrae fala é que o momento de pandemia vai passar em algum momento. Portanto, o serviço de delivery deve ser considerado como algo que vai fidelizar os clientes para esse pós-pandemia também e não apenas para o hoje.

2 – Os produtos bons para delivery

O próximo passo é pensar na sua lista de produtos, e se você quiser apresentar todos no delivery, tudo bem. Então, pense ne melhor oferta, por exemplo. Porque mesmo que queira, você não precisa ter todo o seu mix de produtos expostos no cardápio virtual.

Sebrae ensina como montar um delivery de sucesso em 8 passos - Veja
Foto: (reprodução/internet)

Sendo assim, o que se recomenda é que você tenha algo visto como “enxuto” e “com lucro”. Logo, além disso, também é ideal que se tenha uma página muito bem dividida entre categorias, como entradas, pratos quentes, sobremesas, bebidas, etc.

Por fim, a cartilha ainda diz que é preciso “identificar o que vende bem e o que deixa você com uma margem maior de lucro”. Assim, isso tem a ver com aquilo que o seu cliente procura, o que é o que tem que ser ofertado no seu delivery nesse momento de pandemia.

3 – Os processos de higiene

Mais uma etapa que é vista como importante tem a ver com todos os processos de higiene. Isso porque com base na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o vírus é sensível as temperaturas usadas no cozimento. No entanto, ele é transmitido entre pessoas.

Sebrae ensina como montar um delivery de sucesso em 8 passos - Veja
Foto: (reprodução/internet)

Assim como pelas superfícies dos lugares. Portanto, reforçar os procedimentos de higiene é fundamental para garantir eficácia ao seu cliente e à sua equipe de trabalho também. O uso de sabão, detergente, desinfetantes e álcoois é uma boa escolha. Assim como lavar as mãos.

E como estamos falando sobre delivery, outro ponto extremamente importante tem a ver com cursos e treinamentos para que entregadores evitem o máximo o contato com o cliente. O pagamento online ou com o cartão por aproximação por exemplo são boas ideias.

4 – O uso das embalagens nas entregas

Quando se fala em entregas, seja de alimentos ou de qualquer produto, pensar nas embalagens é algo que faz todo sentido, você não acha? Isso porque na prática estamos falando sobre manter temperaturas, qualidade e acomodação dos produtos.

Sebrae ensina como montar um delivery de sucesso em 8 passos - Veja
Foto: (reprodução/internet)

Ou seja, o prato quente deve chegar quente. O que é gelado deve chegar até o cliente nessa temperatura. E fora que há vários itens que são bastante frágeis e exige muito cuidado. Por isso, ter esse olhar é interessante, sem deixar de pensar na sustentabilidade também.

Nesse momento atual em que estamos vivendo, o Sebrae sugere pensar em potes individuais, que podem aumentar a percepção de higiene e de organização da loja. Assim, há de se pensar ainda na possibilidade de envio de talheres, copos e até mesmo mimos.

5 – Os testes para as entregas

Agora vem uma recomendação das empresas que criaram o conteúdo: fazer testes de entrega é primordial para saber se a ideia de lançar um delivery próprio vai fazer sentido. Portanto, considere esse tipo de teste no começo, focando em ver os resultados.

Sebrae ensina como montar um delivery de sucesso em 8 passos - Veja
Foto: (reprodução/internet)

Como fazer esse tipo de teste? O Sebrae, através da cartilha, indica duas formas. A primeira é sobre fazer pedidos de outras lojas para estudar as embalagens, a qualidade da entrega, como o produto chega até o local. Ou seja, faça pedidos você mesmo na sua empresa. Ok?

A outra ideia é sobre avaliar o tempo de entrega e o custo da entrega, que são fatores que podem gerar muitas reclamações por parte dos clientes. Logo, é um ponto que exige muita atenção de todos os envolvidos nessa iniciativa.

6 – A divulgação dos serviços

Um próximo passo é sobre divulgar esse novo serviço. Porque não adianta nada você fazer o lançamento dele, que pode ser um diferencial, se ninguém ficar sabendo. Então, dá para pensar em como grandes aplicativos fizeram e fazem isso. E dá para comparar eles também. 

Sebrae ensina como montar um delivery de sucesso em 8 passos - Veja
Foto: (reprodução/internet)

Leve em conta que essa dificuldade deve mostrar para o cliente porque ele optaria pelo seu serviço e não pelos concorrentes mais famosos, como iFood, Uber Eats, Rappi, Delivery Much, Delivery do Bem, Neemo, Chipp, etc. 

As facilidades de uso, a viabilidade de cadastro, o alcance das entregas podem ser algumas das suas vantagens. Isso tudo sem falar, ainda, do que é imprescindível, como divulgação em redes sociais e outras mídias digitais. Por fim, crie combos, dê descontos e faça promoções. 

7 – A experiência do cliente

O Sebrae, já encerrando a cartilha, diz que ninguém pode se esquecer que o foco sempre deve ser o de melhorar a experiência do cliente. Afinal, se não for para ser assim, então, não se deve criar o serviço de delivery, por exemplo. 

Sebrae ensina como montar um delivery de sucesso em 8 passos - Veja
Foto: (reprodução/internet)

Logo, para isso, ele fala muito na questão da hospitalidade. Ou seja, pensar em mandar recadinhos escritos à mão nas embalagens, enviar guardanapos e talheres, pensar com carinho nas embalagens, mandar uma balinha ou um mimo. 

“São pequenos itens que geram um efeito de UAU”. Além disso, há ainda a dica de valorizar o trabalhador que está fazendo a entrega porque ele é quem te representa naquele momento. Um presentinho no fim do expediente pode fazer um diferencial e tanto para ele. 

8 – A busca pelo melhor resultado

Para fechar a lista das etapas e dos passos, a cartilha ainda traz o tema do “foco no resultado”. Mas, o que seria isso? Nada mais e nada menos do que fazer as contas para saber se o resultado está sendo o que é esperado ou não. 

Sebrae ensina como montar um delivery de sucesso em 8 passos - Veja
Foto: (reprodução/internet)

É preciso colocar o lápis no papel e fazer as contas, mesmo. Pense no aluguel, no custo da embalagem, na porcentagem retida nas entregas, na taxa mínima de entrega, na equipe a mais que você precisará ter. “A venda vinda do delivery tem que cobrir os investimentos”. 

E assim, o Sebrae termina fazendo aquele alerta que já fizemos aqui e nunca é demais reforçar: “não sacrifique a qualidade. Tudo passa e o que você fizer nesse momento vai refletir no futuro”. 

Onde encontrar a cartilha do Sebrae

Para os interessados, como já mencionamos acima, quem está por trás da divulgação da Galunion, que é uma consultoria para foodservice. Assim, o link para acessar o material está disponível na internet e é fácil encontrar no Google. Ou clique aqui para ler agora mesmo.

Sebrae ensina como montar um delivery de sucesso em 8 passos - Veja
Foto: (reprodução/internet)

Curiosamente, saiba que o Sebrae também lançou outras cartilhas e conteúdos com o foco na pandemia e você pode acessar todos gratuitamente na plataforma deles. Há conteúdo com os títulos de “cenários e tendências” e “boletins de impacto”, por exemplo. 

O bônus da cartilha

E também vale dizer que vale a pena a leitura porque a cartilha ainda traz algumas dicas bônus, como algumas dúvidas que são comuns na vida do gestor que está estudando a possibilidade de investir no delivery. Por exemplo, pedir comida por delivery é seguro?

Ou “o vírus é transmitido pela comida”? E ainda comenta sobre os procedimentos de higiene adequados conforme a Anvisa, a Nota Informativa sobre o uso de luvas descartáveis e o uso de álcool em gel ou líquido 70% nesse tipo de serviço que está a todo vapor.