Veja como se candidatar para Concurso do Exército do IME

O IME é o Instituto Militar de Engenharia, um órgão vinculado ao Exército Brasileiro. Em termos de engenharia, uma das melhores escolas do Brasil. Em termos de concursos públicos, um dos mais concorridos também. Agora, a boa notícia é que tem edital aberto.

Só que antes de saber alguns detalhes sobre essas novas oportunidades, o ideal é você entender como tudo funciona, do processo seletivo até mesmo as vagas, os salários, entre outras informações que são importantes para quem tem o interesse.

ANÚNCIO
Veja como se candidatar para Concurso do Exército do IME
Foto: (reprodução/internet)

O que é o concurso público do Exército no IME

Se você está caindo de paraquedas nesse texto, considere que estamos falando de uma Escola de Engenharia que é do Exército. Ela forma pessoas que se tornam Primeiro-Tenentes. Para estudar, o aluno recebe uma bolsa de mais de R$ 1.300.

Veja como se candidatar para Concurso do Exército do IME
Foto: (reprodução/internet)

Só que após a formação, que pode levar 5 anos na graduação e mais alguns de especialização, o profissional passa a ter o soldo de mais de R$ 8 mil. Com ótimo salário e um ensino de qualidade, a concorrência para as vagas abertas é sempre muito grande.

Sendo assim, o ideal é que se conheça tudo sobre as provas e a seleção. Essa é a ideia do artigo: mostrar o que é preciso saber, o que estudar, como fazer e como se inscrever no concurso do IME. Bora lá?

Quais as etapas do concurso do IME

Basicamente, em todos os concursos do Exército do IME há uma série de etapas que se mantém. Aliás, são 5 etapas. A primeira é sobre as provas. Depois, vem a parte da saúde, da aptidão física, psicológica e o processo de heteroidentificação.

Veja como se candidatar para Concurso do Exército do IME
Foto: (reprodução/internet)
  • Exame Intelectual – é dividido em duas fases (veja mais no próximo tópico);
  • Inspeção de Saúde – realizada na junta médica do IME, no Rio de Janeiro;
  • Exame de Aptidão Física – permitem até duas tentativas (corrida, abdominais, flexões);
  • Avaliação Psicológica – também acontece no Rio de Janeiro;
  • Procedimento de Heteroidentificação – para os negros, que passam por avaliação.

Ah, é importante saber que após todas essas etapas, os selecionados ainda precisam fazer um curso de formação. Logo, a validade para o concurso de admissão dura 1 ano e pode ser prorrogada. Porém, isso só acontece quando a candidata estiver grávida.

Quanto ao Curso de Formação, ele acontece no próprio IME, no Rio de Janeiro. O curso dura 5 anos e forma profissionais que recebem o diploma de graduação em Engenharia Militar.

As especializações no IME

Após o curso de graduação, que não dura menos do que 5 anos, considere que os estudantes poderão optar por se especializar em algumas áreas também.

Veja como se candidatar para Concurso do Exército do IME
Foto: (reprodução/internet)

Após o período de adaptação (internato), eles vão verificar as práticas de interesse. Assim, eles podem escolher uma dessas opções, que atualmente estão disponíveis, logo após o final do ciclo básico de estudos:

  • Fortificação e Construção;
  • Eletrônica;
  • Comunicações;
  • Elétrica;
  • Mecânica e de Armamento;
  • Mecânica e de Automóveis;
  • Materiais;
  • Química;
  • Cartográfica;
  • Computação.

Todos os alunos, da graduação à especialização, recebem farda, alimentação, assistência médica, dentária, psicológica, alojamento e o soldo (espécie de salário), que fica em R$ 1.334. Mas, após a formação, os alunos se tornam Primeiro-Tenentes e recebem R$ 8.245.

Os novos editais

Os novos editais que foram lançados são os de número 2 e 3 do ano de 2021. Eles foram publicados com o tema de “Concurso de Admissão ao Curso de Formação e Graduação de Oficiais do Quadro de Engenheiros Militares da Reserva e da Ativa”.

Veja como se candidatar para Concurso do Exército do IME
Foto: (reprodução/internet)

A curiosidade está no fato de que são editais separados. Mas, na verdade, isso não é novidade porque sempre foi assim. A ideia é que o Edital dos Ativos são para quem pretende seguir carreira militar e o outro é para quem não quer seguir esse tipo de carreira.

Ao todo foram anunciadas 92 vagas, sendo 80 para a Ativa e as outras para Reserva, sendo que eram 18 para as cotas de negros e outras 10 de ampla concorrência.

Quais os requisitos do IME

A gente vai usar as informações atuais, que saíram nos novos editais, como exemplo. Ok? Para quem vai prestar o concurso da Ativa do IME, é preciso ser brasileiro, ter ensino médio completo, não ter sido dispensado do IME antes, não ter atos ilegais nos últimos 5 anos.

Veja como se candidatar para Concurso do Exército do IME
Foto: (reprodução/internet)

Outra coisa é que é preciso estar com as obrigações eleitorais em dia e ter entre 16 e 22 anos até a matrícula no IME. Obviamente, também não se pode ser réu em ação penal, ter classificação em outras Forças (Armadas e Auxiliares) e ter idoneidade moral.

Entre homens e mulheres, algumas coisas mudam. Homens precisam ter ao menos 1,60 de altura e mulheres ao menos 1,55 metros. Além disso, homens deve ter mais de 18 anos e não 16, além de estar em dia com o Serviço Militar.

E para os Oficiais de Reserva?

Nesse caso, pouca coisa muda. Uma delas é sobre a idade, que fica entre 16 e 21 anos a partir do período de matrícula no IME.

Veja como se candidatar para Concurso do Exército do IME
Foto: (reprodução/internet)

O que não muda é o período de inscrição, informado no edital e costuma levar em conta ao menos 45 dias. O valor da inscrição é de R$ 100 para todos e tem a opção de isenção da taxa para dependentes de ex-combatentes, cadastrados no CadÚnico e doadores de medula óssea.

Por onde começara a estudar para o IME?

Com certeza, um bom começo é você pensar na parte inicial da prova, que tem a ver com as provas, a chamada avaliação intelectual. Esse processo funciona como um vestibular ou concurso público que conhecemos bastante.

Veja como se candidatar para Concurso do Exército do IME
Foto: (reprodução/internet)

Na primeira fase, o aluno vai encarar 40 questões, que são distribuídas entre Matemática (15 questões), Física (15 questões) e Química (10 questões). Para algumas vagas, há ainda questões sobre conhecimento especifico de Engenharia, Inglês e Português.

Já a fase seguinte é a prova discursiva, que contém disciplinas da primeira fase, além de uma redação. Nessa fase, saiba que o caráter é eliminatório e classificatório, sendo que cada prova vale 10 pontos e para ser aprovado, o candidato precisa ter 5 pontos ou mais.

O peso das provas discursiva

Ao todo serão 5 provas discursivas, sendo uma em cada dia. Além da nota média de 5 pontos, o estudante não pode tirar menos do que 4 pontos em algum dia, independente de qual seja ele. Outra coisa é sobre a pontuação e o peso dessa segunda fase.

Veja como se candidatar para Concurso do Exército do IME
Foto: (reprodução/internet)

Considere que a prova discursiva de matemática tem peso 3. Já a de física e química possuem peso igual, de 2,5. Enquanto isso, a prova de português e a de inglês possuem pesos menores, sendo ambas de 1 cada.

Por outro lado, quem tiver nota menor do que 5 na prova objetiva é eliminado. Assim como quem tiver um número de respostas certas em matemática e física inferior a 6 pontos. Em química, é preciso acertar acima de 4 pontos. As provas acontecem sempre à tarde.

Onde acontecem as provas

Acima, nós mencionamos que as provas objetivas e discursivas, que são presenciais, acontecem em várias cidades, não é mesmo? No entanto, a questão pode ter ficado no ar: afinal, de quais cidades estamos falando? A gente vai dar as respostas agora mesmo.

Veja como se candidatar para Concurso do Exército do IME
Foto: (reprodução/internet)

As cidades do Sul são: Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS). Já as cidades do Norte e Nordeste são: Belém (PA), Fortaleza (CE), Manaus (AM), Recife (PE), Salvador (BA), Teresina (PI).

No caso do Sudeste vem: Belo Horizonte (MG), Juiz de Fora (MG), Campinas (SP), São José dos Campos (SP), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Vila Velha (ES). E no centro-oeste temos as cidades: Brasília (DF), Campo Grande (MS), Goiânia (GO).

O teste de aptidão física é diferente da inspeção de saúde

Se você observou bem, com certeza, viu que são tópicos diferentes (inspeção de saúde e teste físico). O teste, chamado de TAF, é eliminatório, sendo que é preciso cumprir um número de exercícios em um determinado tempo e só há duas chances para isso.

Veja como se candidatar para Concurso do Exército do IME
Foto: (reprodução/internet)

Já o outro, que é a inspeção de saúde, exige que o candidato apresente na Junta Especial uma série de exames e laudos assinados por médicos. São muitos mesmos, entre eles: hemograma completo, ureia, tipo sanguíneo, colesterol, anti HIV, eletrocardiograma, radiografias, etc.

Quanto aos laudos, eles vêm com exames do eletroencefalograma e o teste ergométrico. Além disso, mulheres devem apresentar o Beta HCG e o Exame Ginecológico. Para todos, o exame toxicológico também é obrigatório, sendo que pode ser com queratina, cabelo ou pelo.

Onde encontrar os editais do IME

Para quem gostou do assunto, do salário e quer saber mais sobre como tudo isso funciona, considere que os próximos passos é acessar os novos editais que foram lançados. E mesmo que você esteja lendo essa matéria após o prazo de inscrição, eles servem como estudo.

E vale considerar ainda que um cronograma de estudo é muito importante para que se tenha condições reais de ir bem em todas as etapas do processo de seleção – até mesmo porque esse é um dos concursos públicos ou vestibulares mais concorridos e difíceis do país.

Nota de responsabilidade: Antes de se candidatar a vagas de empregos, cursos ou certificações profissionais, consulte a página oficial da empresa ou instituição de ensino para atestar a veracidade das informações. O Facebook não se responsabiliza por quaisquer complicações ou contratempos que possam acontecer antes, durante ou depois dos respectivos processos seletivos apresentados.

ANÚNCIO