Psicólogo robôs, será que isso é possível?

Psicólogo robô não é algo utópico. Embora o cinema tenha criado a ideia de que os robôs iriam se rebelar contra a humanidade, a verdade é que não temos “exterminadores do futuro”, pelo contrário, o que se vê é a tecnologia favorecendo a medicina a cada dia mais.

Papo sério agora, saúde mental é coisa séria. Não é frescura, nem algo irrelevante, precisa ser levada a sério. E você sabia que estão sendo desenvolvidos algoritmos para ajudar no tratamento de algumas doenças?

Pode parecer estranho, mas, avanços na área são reais e podem ajudar muito a pessoas que precisam de um cuidado urgente, se estiver passando por uma crise de ansiedade, depressão, algo assim, você vai poder ter ajuda na palma de sua mão, pelo celular.

psicólogo
Fonte: (reprodução/internet)

Se estiver passando por algo, não precisa se sentir envergonhado nem nada assim. Procure ajuda, não precisa passar por isso sozinho.

Avanços na Inteligência Artificial

Você já ouviu falar em Big Data? Big Data em tradução literal seria algo como “grande quantidade de dados”, explicando de forma resumida, Big Data são os dados gerados quando você utiliza a internet. É através da análise desses dados que, por exemplo, a Decolar.com sabe que você quer viajar para a Nova Zelândia, e fica mostrando promoções.

ANÚNCIO

Além disso, atualmente, pela análise das páginas que você entra, pesquisas realizadas e etc, com o uso de Inteligência Artificial é possível definir o perfil do usuário, gostos. É assim que a publicidade do insta te mostra itens que se alinham com seus gostos.

E mais, sabia que atualmente o Facebook possui um sistema de reconhecimento facial que consegue te identificar de forma muito fácil e rápida? Está achando que reconhecimento facial é coisa só de cinema? O Facebook já faz isso.

Transformação Digital na Psicologia, surge o psicólogo robô

O avanço cada vez mais rápido da tecnologia tem alterado mais e mais a forma como nos relacionamos e nossa cultura. Até mesmo a forma de assistir Televisão já não é mais o mesmo, duvido que você ainda vá à locadora escolher um filme para ver, afinal, para que calculadora se atualmente se tem a Netflix e outros serviços de Streaming?

Bem, as análises de comportamento não ajudam apenas na oferta de promoções, mas, além disso, a psicóloga Alison Darcy desenvolveu o Woebot, um robô que conversa com você, através de um chat, e através dessa conversa ele analisa o estado de ânimo e níveis de energia, ajudando pessoas que precisam.

Psicólogo
Fonte: (reprodução/internet)

Além do estado de ânimo e nível de energia, os desenvolvedores do Woebot acreditam que a verdadeira chave para entender a mente humana são os algoritmos, pela análise das palavras, emojis usados no chat o sistema consegue analisar o estado mental do usuário.

E como ele ajuda? Recomendando vídeos, propõe jogos e conversa com você por 24h por dia, identificando o que faz o usuário se sentir mal, o custo dele é de R$ 128,00. Mas, não é a única alternativa que existe atualmente.

Outros robôs desenvolvidos:

  • Karim – O robô norte-americano, fabricado pela startup X2AI especialmente para conversar com refugiados sírios
  • Xiaoice – A Microsoft não poderia ficar de fora, não é verdade? O Xiaoice ficou popular na China, oferecendo suporte emocional para pessoas solitárias.
  • Ellie – Lembra do reconhecimento facial que eu comentei do Facebook? O Ellie é capaz de associar as expressões faciais a sentimentos (mais ou menos como a série ). Também tem origem norte-americana.

Sim, a tecnologia está avançando e ajudam bastante na área da saúde, mas, isso não substitui um psicólogo, nem um psiquiatra. Se você não está se sentindo bem e não se sente muito a vontade de procurar um psicólogo, ou algo assim, a inteligência artificial pode ajudar pontualmente, mas não deixe de procurar um psicólogo.

Com o tempo, pode ser que o Woebot avance ainda mais, ou que surjam outros robôs ainda mais desenvolvidos, mas, dificilmente irão substituir um bom psicólogo. Leve sua saúde mental a sério, se estiver passando por problemas, não deixe de procurar um bom psicólogo.

ANÚNCIO