Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo

Existem pessoas que afirmam que a análise inicial do currículo já poderá dizer se o candidato tem grandes chances de ser contratado ou se será eliminado do processo em questão de segundos. Por isso, é muito importante que se tenha um currículo bem-feito.

Mas, o que será que os recrutadores mais olham no currículo? Será que tem um ponto que chama mais a atenção e outros que não são tão importantes assim? Nós fizemos uma lista com tudo aquilo que você tem que saber antes de criar o seu currículo, confira!

ANÚNCIO
Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo
Foto: (reprodução/internet)

O que chama a atenção dos recrutadores

Antes de começar saiba de uma coisa: essa não é uma regra. Os pontos abaixo são estratégicos e vai ajudar as pessoas que querem ter um documento que realmente faça sentido. Porém, cada recrutador tem a sua forma de avaliar currículos, assim como o seu tempo de avaliação.

Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo
Foto: (reprodução/internet)

Então, não carregue isso como uma regra geral e única, mas sim como dicas para ter um currículo cada vez mais visível para os recrutadores. Até mesmo porque existem técnicas que podem ser usadas e fazem a diferença na hora de ser notado.

Pensar na formatação do currículo, no destaque das experiências e dos idiomas são algumas delas. Abaixo, você vai ver os detalhes de cada uma e vai aprender como melhorar o seu currículo, aumentando as chances de ser contratado. 

ANÚNCIO

Formatação

A gente até tentou começar de outra forma, mas não seria justo. Isso porque nem todo mundo nota a importância de dar atenção para a formatação do currículo. Se o seu texto não está formatado no padrão de um currículo, já era! Sério mesmo.

Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo
Foto: (reprodução/internet)

Isso vai indicar muito sobre o candidato. Por exemplo, o fato dele não conseguir seguir uma regra geral e simples. Ou o simples fato de que ele não se adequou ao tipo de documento que é aquele lá que ele está enviando. É aquela ideia de “a primeira impressão é a que fica”. 

Assim, se em uma primeira batida de olho o seu currículo pode ser visto de forma negativa, possivelmente, você perdeu a sua vaga de emprego. Ou, pelo menos, suas chances de conseguir o objetivo final vão ser diminuídas bastante. 

ANÚNCIO

Recursos Gráficos

Agora, esse ponto não deveria estar aqui. Porém, a gente trouxe porque é uma curiosidade. Saiba que os recrutadores não olham os recursos gráficos de um currículo. Exceto se exigirem isso, como para uma vaga para trabalhar na TV, como modelo, etc. 

Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo
Foto: (reprodução/internet)

Se esse não é o seu caso, então, esqueça essa ideia de ficar colorindo o seu documento. Há uma década atrás até era normal ter fotos no currículo, hoje não é mais. Ao contrário, essa é uma atitude bem feia de ser feita pelas empresas porque pode ser preconceituosa demais.

Logo, ainda que você seja um designer gráfico ou alguém muito criativo, pense que talvez essa não seja a melhor hora para demonstrar essa sua proficiência. Talvez, em outros momentos, como na entrevista, você possa usar mais dessas artimanhas profissionais. 

Idiomas

O conhecimento em outra língua é um dos temas do currículo que mais ganhou destaque nos últimos anos e é bem possível que você já tenha ouvido falar disso. Sabe aquela coisa do “saber inglês” não é mais diferencial e sim obrigação? É mais ou menos isso mesmo.

Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo
Foto: (reprodução/internet)

Dessa forma, considere que ter conhecimento em níveis avançado é um diferencial do mercado. E ter conhecimento em vários idiomas é melhor ainda – partindo do inglês e espanhol. E olha que nem estamos falando de áreas especificas, está bem?

É claro que algumas tornam esse requisito praticamente uma obrigação, como no caso de quem trabalha no comércio exterior, por exemplo. Para as outras, pode ser “apenas” um diferencial no concorrido mercado de trabalho. 

Histórico 

Esse ponto é interessante de ser dito aqui porque muita gente que está em busca do primeiro emprego vai dizer que não tem esse histórico, calma lá. A verdade é que nem sempre as empresas estão preocupadas com os seus cargos e sim com a sua proatividade.

Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo
Foto: (reprodução/internet)

Como assim? Por exemplo, entre dois candidatos que nunca tiveram um trabalho com carteira assinada na vida, qual você acha que vai ter mais chances de ser selecionado: o que tem trabalho voluntário ou o que não tem? O que tem programa jovem aprendiz ou o que não tem?

Esse é só um exemplo para entender que o histórico de carreira não precisa estar correlacionado com funções executivas, trabalhos internacionais ou algo assim. Muitas vezes, alguns detalhes fazem a diferença, inclusive, os trabalhos voluntários. 

Extras

Esse tópico é apenas um complemento do anterior. Se por um lado os recrutadores visam muito essa ideia dos diferenciais históricos dos seus candidatos, saiba que da mesma forma buscam pelo “extra”. Ou seja, o que aquela pessoa fez a mais do que era o mínimo?

Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, talvez ela nem fosse da área da informática, mas se envolveu em um trabalho sobre tecnologias. Ou pode ser que não tenha cunho social na sua função, no entanto, foi contratada para trabalhar em uma ONG quando era mais jovem. 

Esse tipo de coisa, que também poderia entrar no histórico profissional, acaba valendo bastante. Então, fica a dica: da próxima vez que tiver um tempo livre, que tal fazer um curso gratuito de qualquer área? Isso entra no campo de “extra” e é bom para o currículo.

Habilidades

Há algum tempo esse campo de “habilidades” não era muito usado. Só que hoje ele é bem importante e pode ser um diferencial para quem busca vagas no mercado de trabalho. Porém, ao mesmo tempo que pode ser bom, ele também pode ser arriscado.

Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo
Foto: (reprodução/internet)

Isso acontece porque muita gente exagera nas habilidades. Assim, acaba inserindo nesse campo um monte de palavras e expressões que são vagas demais. Isso não é o certo a se fazer já que os recrutadores olham com outro aspecto.

O que eles buscam nesse campo é a presença de palavras-chaves, tais como “competência com HTML” para um desenvolvedor de TI ou “criatividade com posts para Facebook” no caso de uma vaga de marketing digital. E esses são só exemplos.

Social

Outro ponto que é visto como interessante no currículo moderno é o lance do social, sabe? Isso, das mídias e das redes sociais mesmo. Essa informação pode vir lá no começo do currículo, na parte dos dados pessoais. Mas, qual informação? Explicamos!

Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo
Foto: (reprodução/internet)

Especialmente, a sua página do LinkedIn. Ao inserir ali o seu link do LinkedIn, isso poderá dizer muito sobre você. Primeiro que tem afinidade com a internet. Mas, mais do que isso, é uma forma muito simples e rápida de o recrutador “saber mais” sobre o candidato. 

Isso porque no LinkedIn devem estar todas as informações profissionais, inclusive, com o dinamismo de inserir diplomas, certificados e até mesmo comentários de outros profissionais. Hoje, essa é uma grande aposta das empresas que recrutam pessoas. 

Outras redes sociais

Quanto as outras redes sociais, especialmente Facebook e Instagram, isso não é necessário. Exceto se você ainda não tem LinkedIn. Mas, se você não tem já sabe: perdeu muitos pontos com o seu recrutador, certo? E tem outra dica!

Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo
Foto: (reprodução/internet)

De todo modo, fica a dica para você se atentar mais ao que você posta nas suas redes sociais. Isso pode dizer muito sobre a sua possível contratação, já que os recrutadores ficam de olho na internet para conhecer mais dos seus candidatos. 

Formação

De verdade mesmo: talvez esse tópico nem precisasse estar aqui. Isso porque a ideia da formação acadêmica ou escolar já foi muito mais importante do que é hoje na análise de currículos de candidatos para vagas de emprego. 

Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, ainda existe uma pequena parcela de empresas e profissionais que avaliam esse ponto. Talvez não tanto como os que estão acima, obviamente. De todo modo, ao criar o seu currículo será preciso dar uma boa atenção a esse fato. 

Para determinados cargos, especialmente os de liderança, ter formação de pós-graduação em pessoas e gestão pode ser um diferencial, por exemplo. Assim como existe a obrigatoriedade de cursos acadêmicos para os casos de algumas vagas operacionais. 

Por que se atentar a esses pontos?

Aqui entra um fato curioso. Algumas pesquisas indicam que os recrutadores não levam mais do que 30 segundos para avaliar um currículo de forma inicial. É claro que depois, quando o candidato passar para as próximas fases, ele poderá ser revisto.

Descubra o que os recrutadores mais olham no currículo
Foto: (reprodução/internet)

Mas, para um primeiro momento, naquele bate-olho, a análise é muito rápida. Assim, quanto mais você souber apostar em detalhes importantes, então, maiores serão as chances de ser notado entre tantos currículos e candidatos. 

Os pontos acima são bastante estratégicos para quem busca o primeiro emprego, uma recolocação no mercado ou uma oportunidade de cargos melhores. Então, esse pode ser o detalhe que lhe faltava para conseguir o tão sonho emprego. 

Nota de responsabilidade

Atenção leitores: antes de se candidatar a vagas de empregos, cursos profissionalizantes ou acessar as certificações profissionais, consulte a página oficial da empresa ou instituição de ensino para atestar a veracidade das informações. 

O Facebook não se responsabiliza por quaisquer complicações ou contratempos que possam acontecer antes, durante ou depois dos respectivos processos seletivos apresentados. Inclusive, atente-se as regras sobre a criação do currículo online.